Quando o assunto é o estabelecimento de uma REDE de relacionamento, Networking, todo cuidado é pouco.

rede e networking homem de mello consultoria

Vejo muita gente falando sobre o estabelecimento de REDE de Relacionamento, más sequer conhecem a conceituação, o que de fato significa estabelecer uma REDE, e os preceitos fundamentais para tal.
REDE exige cuidado, dedicação e empenho. Quem participa da REDE estabelecida quer ser reconhecido como membro, tratado como membro, de forma exclusiva e diferenciada. Quer ser lembrado em uma data especial, quer poder anunciar suas conquistas e sobretudo quer estar engajado.
É um princípio fundamental, não tem nada de novo viver em grupos e comunidades. Isso se faz desde que o primeiro hominídeo pisou no planeta. O que muda é a forma disto ser feito. Entenda, não é em uma troca de cartão de visita, nem no Facebook ou em outro canal de mídia social que a REDE se estabelece.
Fundamentalmente indivíduos dão suporte a REDE e em troca a REDE dá subsídios aos indivíduos, emponderando-os no sentido de amplitude e gestão de conhecimentos específicos, intrínsecos ao grupo em questão.

Princípio Fundamental  #1 – Há de existir primeiramente um propósito para ligar e manter a REDE estabelecida, uma missão ou anseio geral, que coloque os membros ativos na REDE.

Princípio Fundamental #2 – Um REDE viva, quente, deve crescer. Desde que haja congruência com o Princípio #1, não tenha receio que sua REDE cresça.

Princípio Fundamental #3 – Mediação e regras claras para condução da REDE devem ser estabelecida logo de saída. Por exemplo, utilizar a REDE, composta por seus parceiros e amigos como balcão de venda de anúncios não é educado.

Princípio Fundamental #4 – Cuide dos integrantes de sua REDE, faça que reciprocidade e respeito reinem absolutos, importe-se com seus membros.

Princípio Fundamental #5 – Membros que se  revelem em desacordo com os princípios anteriores, devem ser cordialmente desconectados, sem pudores e sem meias palavras. Educadamente converse em privado e convide o membro a deixar o grupo. Nunca faça isso publicamente. Mediador de verdade é para  mediar, solucionar conflitos e não geerar mais dissonância e ruídos.

Seguindo estes cinco princípios fundamentais sua REDE deve prosperar.

Na Homem de Mello, comumente estabelecemos REDES próprietárias para assuntos pontuais, ou REDES clássicas e perenes para assuntos mais complexos.
Auxiliamos ainda no estabelecimento,  formação de redes coesas e consolidadas de nossos clientes e parceiros, que acabam por integrar políticas de gestão de aprendizagem corporativa (gestão de conhecimentos), desenvolvimento de inteligência estratégica, tática e operacional, estimulando equipes de alta performance em vendas por exemplo.
Outra aplicação da construção e estabelecimento de REDE ativa, é feedback. Encarar feedback como uma prática sempre do bem é um desafio para líderes e gestores. Dar e receber feedback exige preparo e muita inteligência emocional, agilidade cerebral e intelectual. Escolha pessoas de bem com a vida, antenadas com a realidade organizacional e prontos para ouvir, ler de tudo e um pouco mais…. !