Red Bull Air Race Brasil


  • Corrida aérea circuíto mundial.
  • Formula 1 da aviação de corrida.
  • Superação de limites dentro da força “G” negativa.
  • Duas edições no Brasil, 2007 e 2010.
  • Piloto brasileiro Adilson Kindlemann em 2010.

Red Bull Air Race – Criado e, 2003 pela Red Bull, consiste em uma série internacional de corridas aéreas com a participação dos pilotos mais hábeis do mundo, escolhidos a dedo, em que os concorrentes devem percorrer um circuito no céu com obstáculos desafiadores, no menor tempo possível. Os pilotos  voam individualmente contra o tempo passando por pilões especiais, conhecidos como “air gates“. As corridas ocorrem principalmente em aeródromos, mas também acima das cidades, do mar  ou das maravilhas naturais. São acompanhadas também, muitas vezes, por shows aéreos. As corridas acontecem nos fins de semana. Nas corridas, cerca de 14 pilotos competem uns contra os outros. O vencedor da corrida é o concorrente que realiza o melhor tempo depois de duas voltas no mesmo circuito. Os pilotos competem em um circuito torcido com cinco grupos de obstáculos especialmente erguidos do pilão do “spinnaker”. 

Regras simples: os pilotos devem passar pelos “air gates” corretamente ao terminar as manobras acrobáticas requeridas. O piloto brasileiro Adilson Kindlemann havia passado por um incrível e espetacular acidente em 15 de abril do mesmo ano. Durante os preparativos e treinos na Australia. O avião de competição (um Mx-2) caiu na água, mas ele nada sofreu de grave. A equipe de resgate levou cerca de 42 segundos para efetuar o socorro, mostrando rapidez e eficiência.  A prova conta com três tipos diferentes de gates requerem uma maneira específica do cruzamento. Os azuis devem ser cruzadas no voo nivelado, os vermelhos devem ser cruzadas no “knife-edge” ou no voo vertical, e nos gates do circuito de acordo com o que seu nome implica. Nossa participação nos dois anos de Brasil foi na organização e cadastramento de pilotos e público em geral, auxiliando em terra no conforto geral. Ainda tivemos possibilidade de estar cobrindo o evento para algumas revistas especializadas. O maior desafio por nós enfrentado foi gerir staff de terra que não tinha qualquer conhecimento de aviação e ainda a superação da barreira do idioma, pois tínhamos pilotos de 12 nacionalidades diferentes, jornalistas de todo o planeta querendo saber informações do Brasil e querendo se comunicar a qualquer custo. O padrão internacional estabelecido pela Red Bull é extremamente elevado. Cronometrado e quantificado em quase todas as suas etapas, sofremos para nos adequar aos níveis de exigência. Na edição de 2010 um outro agravante foi a chuva torrencial que gerou uma série de transtornos e que não havia como contornar. Superamos o insuperável e atingimos nossos objetivos.

CONSULTING SERVICE

We are providing wide range of Consulting Services & World wide happy Clients